20win

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
GESTÃO

Governo faz planejamento com base em indicadores de progresso social

Por Redação - Agência PA (SECOM)
23/02/2015 20h55

O governo do Estado começou a desenvolver uma pauta integrada entre os órgãos de gestão, um planejamento com base no Índice de Progresso Social (IPS) que levantou mais de 40 indicadores de todos os municípios do Pará. A proposta é trabalhar de forma eficiente para atender as demandas mais urgentes do Estado. A primeira reunião ocorreu nesta segunda-feira, 23, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, mas o cronograma de planejamento e execução será extenso.

O governador Simão Jatene ressaltou que é preciso incentivar a mudança. “Independente do caminho ou do indicador que vamos usar, temos um ponto em comum, uma sociedade que precisa mudar, e essa mudança só ocorrerá se for fruto de um esforço coletivo”, afirmou.

A pesquisa que identificou o Índice de Progresso Social do Pará foi apresentada pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e identificou a qualidade de vida nos municípios do Estado. Segundo o pesquisador do Instituto Amazon, Adalberto Veríssimo, a pesquisa mostra as áreas em que o governo precisa investir. “As áreas prioritárias, porque o levantamento mostra geograficamente quais são os municípios mais vulneráveis, em situação mais crítica. Mostramos o que é o IPS, e agora vamos usá-lo como ferramenta de gestão num esforço de priorizar os recursos limitados para atender problemas complexos”, explicou.

Com o início das ações programado, é possível vislumbrar resultados. “O próximo relatório deve ser feito em 2016, e esperamos que ele já vá mostrar avanço a partir do que já estamos fazendo aqui. O Estado está reconhecendo essa radiografia social”, completou o pesquisador. O Índice inclui indicadores em diversas áreas de segurança, como assassinato de jovens, homicídios no trânsito e homicídios, além de tolerância, inclusão, educação básica, educação superior, nutrição e comunicação.

Para o secretário de Estado de Planejamento, José Alberto Colares, o levantamento é também uma grande prestação de contas. “O que estamos discutindo é o exercício de articulação entre todos os órgãos de governo para criarmos uma agenda social estratégica para monitorar indicadores sociais e avaliar indicadores de desempenho da administração pública", comentou.

Segundo o secretário de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda, Heitor Pinheiro, o planejamento tornará o uso dos recursos mais eficiente. “Quando falamos de questões sociais, falamos das necessidades humanas, e então todos os órgãos devem participar de acordo com suas competências. A partir dos indicadores postos vimos o que cada um pode fazer. Não é um trabalho isolado. As ações vão chegar aos municípios de forma mais integradora. O governo e as gestões municipais, num diálogo permanente, podem juntos construir uma agenda de ações que vai impactar esses indicadores”, garantiu.

20win Mapa do site