oddspedia

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SAÚDE

Campanha de incentivo à mulher doadora de sangue continua neste sábado

Por Redação - Agência PA (SECOM)
07/03/2015 12h32

Responsáveis por 32% das doações de sangue realizadas no Pará em 2014, as mulheres são o alvo da campanha “Mulher, quando você doa sangue a vida se multiplica”, que a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) iniciou na sexta-feira (06), com o comparecimento de mais de 300 doadores. A ação continua neste sábado (7), na sede do hemocentro e na Estação de Coleta Hemopa Castanheira, das 7h30 às 17 h, com a meta de 300 doações.

A dona de casa Maria Neves Trindade, 44 anos, repetiu no primeiro dia da campanha o gesto que realiza há mais de oito anos. Com quatro filhos, um deles também doador, Maria venceu o medo e não parou mais de doar. “Meu marido era doador, e minha irmã também. Hoje vim doar para uma criança que está internada. É um ato de suma importância, um gesto nobre”, ressaltou.

Aluna do curso de Gestão Hospitalar da Faculdade Maurício de Nassau, Selma do Socorro da Silva Gonçalves, 49 anos, participou de uma visita técnica ao hemocentro junto com vários colegas de turma. Ela assistiu a palestras, fez o hemotur e retomou o ato solidário que não realizava há 15 anos, devido a uma cirurgia que a deixou temporariamente sem poder doar. “Quando soube dessa atividade na faculdade me dispus prontamente a vir, para voltar a doar. Gostei muito de tudo que vi e ouvi, e com certeza vou repassar para o grupo de mulheres do qual faço parte na minha Igreja”, disse Selma. “Como já havia doado uma vez, tinha conhecimento de muita coisa. A novidade foi o cadastro de doadores de medula óssea, do qual comecei a fazer parte também. Salvar vidas é imprescindível. Só de saber que estou contribuindo com as pessoas é muito gratificante”, completou.

Os doadores que compareceram ao Hemopa na sexta-feira receberam informações sobre saúde da mulher, repassada por servidores da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sespa), assistirão à apresentação de alunos do projeto Música e Cidadania, da Fundação Carlos Gomes, e participaram de sorteio de brindes, como caricaturas feitas pelo artista Fábio Luz. A programação contou ainda com a presença de integrantes da Associação Voluntariado de Apoio à Oncologia (Avao), que orientaram os doadores sobre voluntariado e doação de sangue.

Doação de cabelos - Neste sábado (7), as doadoras também contarão com serviços estéticos e poderão doar cabelos para ajudar pessoas atendidas pelo Programa de Atendimento Integral às Vítimas de Escalpelamento (Paives), mantido pela Fundação Santa Casa do Pará, referência estadual nesse tipo de atendimento.

“Teremos cabeleireiros profissionais para orientar as doadoras que desejarem realizar mais esse ato de amor ao próximo”, adiantou Juciara Farias, assistente social titular da Gerência de Captação de Doadores (Gecad) do Hemopa. Segundo ela, o fortalecimento de toda a ação voluntária depende primordialmente de diversas parcerias. “As estratégias para incentivar o público feminino ao ato solidário são realizadas cotidianamente”, informou.

A campanha conta ainda com o apoio da Força Sindical da Mulher, Escola de Enfermagem D.N.A, Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Grupo de Mulheres Luluzinha, Centro Espírita Luzes do Caminho, Projeto Vida Por Vidas, Grupo A Partilha, Mary Kay, Grupo Voluntário Facebook Solidário, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA), Projeto Força Jovem, Talento Mundial, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Associação das Indústrias Exportadoras de Madeira do Estado do Pará, Gráfica G. Aline, Laboratório Dr. Paulo Azevedo, Sociedade Bíblica do Brasil, Faculdade Metropolitana da Amazônia (Famaz) e Floricultura Bem Me Quer.

Critérios – Pode doar sangue qualquer pessoa com boa saúde, que tenha entre 16 e 69 anos e pese acima de 50 quilos. É necessário portar documento de identidade original e com foto, e deve estar bem alimentado. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher a cada três. Adolescentes de 16 e 17 anos só podem doar com a autorização dos pais ou de um representante legal.

Para fazer o cadastro de doadores de medula óssea, o candidato deve estar bem de saúde, ter entre 18 e 55 anos e portar documento de identidade original e com foto.

Serviço: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h. A Estação de Coleta Hemopa-Castanheira fica no térreo da passarela Pórtico Metrópole, que dá acesso ao Castanheira Shopping, na BR-316, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h. Mais informações pelo Alô Hemopa: 0800 280-8118.

oddspedia Mapa do site