PG tiger

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
DIA DA MULHER

Doação de sangue ultrapassa meta da Fundação Hemopa

Por Redação - Agência PA (SECOM)
08/03/2015 13h25

A campanha “Mulher, quando você doa sangue a vida se multiplica”, realizada nos últimos dias 06 e 7, na sede da Fundação Hemopa, em Belém, registrou 606 comparecimentos e 483 doações voluntárias de sangue. Desse total, mais de 60% foram feitas por mulheres. As coletas possibilitarão o atendimento de 1.930 pacientes. O saldo ultrapassou a meta do Hemopa, que era de 300 coletas, também realizadas na Estação de Coleta Hemopa-Castanheira, no Entroncamento.

Durante a campanha, 22 mulheres doaram cabelos, que serão usados para atender, com perucas, vítimas de escalpelamento atendidas no Espaço Acolher, mantido pela Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará.

Entre as participantes da campanha, Elidiane Silva, 35 anos, residente no Distrito de Icoaraci, doou sangue para ajudar uma amiga, e aproveitou a oportunidade para doar cabelo. “Tive parentes que sofreram esse tipo de acidente”, disse ela, justificando o gesto, que vai ajudar muitas vítimas de escalpelamento. “Mesenti muito feliz em ajudar duplamente as pessoas que necessitam”, declarou Elidiane, que foi incentivada pelo pai a fazer a doação.

Exemplo paterno - O doador Kledson Bahia levou a filha, Amanda Silva Bahia, 10 anos, para vê-lo doando sangue e vivenciar a importância da solidariedade. E a resposta foi imediata: a menina decidiu doar cabelo, surpreendendo até o próprio pai. Amanda foi sorteada e ganhou uma caricatura feita pelo ilustrador e designer gráfico Fábio Luz. “Ajudei alguém, ganhei um lindo desenho do meu rosto e ainda sai com um corte novinho”, disse a menina. “Foi um dia maravilhoso com a minha filha. Salvei muitas vidas e ela fará outras mulheres mais felizes com os seus cabelos”, ressaltou Kledson, orgulhoso da iniciativa da filha.

A estudante Adryelle Regina Silva dos Santos, 20 anos, doa sangue desde os 16 anos, quando participou de uma campanha externa realizada pelo Hemopa, na Escola de Ensino Fundamental e Médio Avertano Rocha, em Icoaraci. “Desde lá não parei mais. É importante pensar no próximo e ajudar a salvar a vida das pessoas”, enfatizou. No hemocentro, ela também doou cabelos pela primeira vez. “Meu marido me incentivou. Estava esperando o cabelo crescer para doar em abril, mas houve essa oportunidade e aproveitei”, disse ela, moradora de Icoaraci.

Outra voluntária que procurou o hemocentro foi a estudante de Odontologia Eloana Soares Machado, 20 anos, que fez sua primeira doação. “Não foi nada do que pensava. Achei muito tranquilo. Vou voltar e doar mais vezes. É um ato de amor ao próximo”, afirmou.

A campanha em homenagem ao Dia Internacional da Mulher transformou a rotina do hemocentro. Durante dois dias, a programação contou com distribuição de camisetas personalizadas, orientações sobre cuidados com a saúde, com apoio de técnicos da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa); apresentação de alunos do projeto Música e Cidadania, da Fundação Carlos Gomes, e sorteio de brindes, como caricaturas de autoria do artista Fábio Luz. A programação teve ainda a participação de integrantes da Associação Voluntariado de Apoio à Oncologia (Avao), que orientaram os doadores sobre voluntariado e doação de sangue; da Força Sindical Mulher; de voluntários da Igreja de Jesus Cristos dos Santos dos Últimos Dias, por meio do Projeto “Mãos que Ajudam”, e de outros parceiros de instituições públicas e privadas.

Critérios – Pode doar sangue qualquer pessoa com boa saúde, que tenha entre 16 e 69 anos e pese acima de 50 quilos. É necessário portar documento de identidade original e com foto, e deve estar bem alimentado. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher a cada três. Adolescentes de 16 e 17 anos só podem doar com a autorização dos pais ou de um representante legal.

Para fazer o cadastro de doadores de medula óssea, o candidato deve estar bem de saúde, ter entre 18 e 55 anos e portar documento de identidade original e com foto.

Serviço: A Fundação Hemopa fica na Trav. Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h. A Estação de Coleta Hemopa-Castanheira fica no térreo da passarela Pórtico Metrópole, que dá acesso ao Castanheira Shopping, na BR-316, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h. Mais informações pelo Alô Hemopa: 0800 280-8118.

PG tiger Mapa do site