Fortune Mouse

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
BANCO DE SANGUE

Fundação Hemopa segue com campanha de Carnaval nas unidades do Pará

Unidade de Capanema recebe doadores de Salinópolis, Primavera e Peixe-boi

Por Helen Alves (HEMOPA)
08/02/2024 15h01

Como parte da programação da campanha de doação de sangue alusiva ao período de carnaval, a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) continua com suas ações de captação descentralizadas pelo estado com o tema “No Bloco Salva-Vidas, doar sangue é só alegria”. Além disso, as unidades regionais da instituição também estão com campanhas simultâneas para garantir a manutenção dos estoques de sangue durante o mês de fevereiro. O calendário de atividades carnavalescas da Fundação segue até o próximo sábado (10).

Na unidade regional de Capanema um grupo de doadores do município de Salinópolis reuniu nesta quinta-feira (8), cerca de 30 voluntários no projeto Vidas por Vidas, que alcança não só o Brasil, mas também outros países da América Latina e outras partes do mundo.

A assistente social do Hemopa em Capanema, Luiza Santana, destaca o trabalho realizado com os grupos para a captação de doadores. “Há mais de 15 anos fazemos ações por meio do projeto "Parceria pela Vida", visitando os municípios para promover a parceria com agentes comunitários de saúde para serem agentes multiplicadores da doação voluntária de sangue,  além do projeto 'Vidas por Vidas', que hoje trouxe doadores de Salinas e ainda estamos recebendo voluntários dos municípios de Peixe-Boi e Primavera. Entendemos essas campanhas como pontos de divulgação e captação de doadores regulares não só para o Carnaval e outras datas específicas, como também para o ano todo”, disse a profissional.

A secretária Ana Lúcia Cavalcante, moradora de Capanema compareceu à unidade do Hemopa, no município, para realizar sua doação de sangue. “Eu sou doadora de sangue desde 2012. Vim porque gosto realmente de fazer a doação. Eu acho tranquilo, me sinto bem e é super rápido, fácil. Convido também todos a fazerem o mesmo para ajudar quem realmente está precisando”, comenta a doadora. 

As unidades de coleta, hemocentros e os hemonúcleos espalhados por todo o território paraense constituem a hemorrede do estado, reunindo um conjunto de serviços de hematologia e hemoterapia organizados de forma hierarquizada e regionalizada. Entre os anos de 2019 e 2023, o Governo do Pará em conjunto com o Hemopa, garantiu também a entrega de 13 Agências Transfusionais (AT) impulsionando, desta forma, a cooperação técnica entre a Fundação e as demais prefeituras locais.

A Fundação Hemopa é referência em serviços de hematologia e hemoterapia, além de deter selo de excelência em transplantes de órgãos e tecidos da Região Norte. A instituição se destaca, também, por suas políticas de descentralização da cobertura transfusional, garantindo, portanto, o acesso a um sangue seguro e de qualidade a todos os pacientes do estado do Pará.

Para doar sangue é preciso:

-Apresentar um documento de identidade oficial com foto e assinatura (Ex.: RG, CPF, carteira de trabalho e passaporte);

- Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam estar acompanhados de responsável legal);

- Ter mais de 50 quilos;

- Estar bem alimentado (não pode estar em jejum);

- Dormir pelo menos 6 h nas 24 h anteriores à doação;

- Não ingerir bebida alcoólica 12 h antes da doação;

- Ter intervalo entre doações de dois meses para homens e três meses para mulheres;

- Quem se vacinou contra a Covid-19 pode doar sangue, sendo necessário um intervalo de dois dias após cada dose para quem recebeu a vacina Coronavac, e sete dias para quem recebeu as demais vacinas.

- Quem teve Covid-19 pode doar sangue depois de 10 dias após a cura.

Texto:Ascom Hemopa, com informações de Beatriz Silva (estagiária).

Fortune Mouse Mapa do site