pinnacle

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
ARTE REGIONAL

‘Batuque da Matinta’ leva a cultura da Ilha de Mosqueiro à Estação das Docas

A programação para a tarde de domingo (28), aberta ao público, terá cortejo cultural, feira de economia criativa e feira literária

Por Governo do Pará (SECOM)
24/01/2024 15h39

A personagem "Matinta" é a estrela da programação dominical da Estação das Docas Enfatizar a importância de projetos e ações que valorizam e fortalecem a cultura da Ilha de Mosqueiro, distrito de Belém, é o objetivo do evento "Batuque da Matinta", que ocorrerá no próximo domingo (28), na Estação das Docas, na orla do armazém 3, a partir de 17 h. Cortejo cultural, feira de economia criativa e feira literária constam da programação aberta ao público. 

A realização do evento é do Coletivo Cultural  Batuque da Matinta, um coletivo independente formado por fazedores de cultura da Ilha de Mosqueiro, que apresentam a Matinta Pereira, defensora da floresta amazônica, como simbologia principal. 

"Choro com café" vai levar à Estação os clássicos do Chorinho brasileiro Atrações - A partir de 16 h, ritmistas da Escola de Samba Peles Vermelhas, junto com integrantes da "Matinta Encantada e lendas amazônicas" e "Capoeira Brasil", irão se concentrar no armazém 3, para seguirem em cortejo pela orla da Estação. “Queremos com muita alegria e, sobretudo, carregando elementos da nossa cultura, mostrar ao público tudo o que Mosqueiro tem a oferecer, e convidar a todos para prestigiarem nossas feiras criativa e literária, bem como as apresentações musicais”, disse Denise Moraes, produtora cultural.

Na orla do armazém 3, as 17h30, se apresentam os músicos Paulo Du Carmo e Antenor Jr. e banda, que prometem um repertório com música popular paraense e brasileira. As 18  h, será a vez do Grupo de Carimbó Moqueio Tupinambá e da Cia. de Dança Bira Marques colocarem todos para dançar. As 19h30, o momento "Choro com café" trará os clássicos do Chorinho brasileiro.

Carimbó Moqueio Tupinambá é uma das atraçõesFeiras - Ainda na orla do armazém 3, o "Batuque da Matinta" terá feira de artesanato com variados produtos, como arte em scrapbooks, mandalas e arte em madeira/entalho, além de ervas, produtos naturais e até massagem terapêutica, todos oriundos da Ilha de Mosqueiro. Também haverá feira literária, com a presença de escritores mosqueirenses. Para as crianças será montado o espaço "Matinta kids", com atividades lúdicas e pedagógicas. 

O evento é uma realização do Coletivo Cultural Batuque da Matinta, da Ilha de Mosqueiro, e conta com o apoio da Organização Social Pará 2000, que administra a Estação das Docas, da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) e da Agência Distrital de Mosqueiro.

Serviço: "Batuque da Matinta" - Cortejo cultural, feira de economia criativa e feira literária apresentam a cultura da Ilha de Mosqueiro. Dia 28 de janeiro, a partir de 17 h, na orla do armazém 3, na Estação das Docas. Programação aberta ao público. 

Texto: Beatriz Santos - Ascom/OS Pará 2000

pinnacle Mapa do site