megamillions

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
AULA PRÁTICA

Sespa orienta sobre etapas de higienização do fruto no Festival do Açaí 2023

A limpeza correta do açaí garante a prevenção de doenças graves, como o mal de Chagas

Por Caroliny Pinho (SESPA)
26/10/2023 20h58

A higienização correta do açaí é uma das principais atrações no Festival do Açaí 2023, realizado no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, até esta quinta-feira (26), e traz novidades sobre o fruto mais consumido no Estado. A Vigilância Sanitária Estadual, em parceria com a Vigilância Sanitária de Belém, oferece a convite da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), demonstrações ao vivo sobre a maneira correta de limpar o açaí.

“Nós fomos convidados a participar com essa aula-show, que é aquilo que nós já fazemos no treinamento dado aos batedores de açaí. A ideia é demonstrar para o público todas as etapas de processamento necessárias para quem trabalha com o manuseio da fruta, válidas para profissionais de todo o Estado, segundo o Decreto Estadual 326/2012, que regulamenta as boas práticas relacionadas ao fruto”, informou Dorilea Pantoja, nutricionista e técnica da Divisão de Produtos da Vigilância Sanitária, da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).Técnicos da Sespa ensinaram todas as fases de limpeza do açaí antes da retirada da polpa

Para estar apto ao consumo, o açaí precisa passar por sete etapas de limpeza. A primeira é o peneiramento feito manualmente, para retirar pelo menos 90% das sujeiras principais. O procedimento deve ser feito com luvas. Em seguida, a fruta passa por três ciclos de lavagem, sendo um deles com água sanitária própria para a limpeza de alimentos. O branqueamento é o momento de mergulhar o alimento em água aquecida (80⁰) por dez segundos, depois passar pelo resfriamento. Após essas etapas, ocorre o despolpamento.

“Nós observamos que de alguns anos para cá já melhoramos muito a preocupação dos batedores com a estrutura dos espaços, qualidade da água, entre outros fatores. Mas é fundamental realizar essas etapas de higienização para garantir que o alimento não estará contaminado. O açaí é um fruto desprovido de proteção, já que a polpa está exposta, diferente do bacuri, por exemplo. Ele é, com certeza, muito mais passível de contaminação do que outras frutas, daí a necessidade destes cuidados para combater as doenças  transmitidas por alimentos, principalmente a doença de Chagas”, completou Dorilea Pantoja.

Inclusão - A Sespa também participa do evento com um estande da Coordenação de Políticas para o Autismo (Cepa), com o objetivo de informar à população sobre o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e cadastrar mais pessoas para retirar a Carteira de Identificação da Pessoa com Espectro Autista (Ciptea).

“Além das informações, nós trouxemos alguns artigos terapêuticos, como abafadores e prancha de comunicação alternativa, que serve para falarmos com pessoas com autismo de modo não verbal. De ontem para hoje nós já realizamos dez cadastros da Ciptea, o que é muito importante para garantir os direitos destas pessoas”, disse Thamiris Nascimento, técnica da Cepa.

Para solicitar a carteirinha é necessário apresentar RG, comprovante de residência, CPF, foto 3x4 atualizada, laudo médico e informar o tipo sanguíneo. Para mais informações acesse https://www.77jiang.com.

megamillions Mapa do site