pokerstars

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
OUTUBRO ROSA

CIIR realiza programação de incentivo à prevenção ao câncer de mama 

Por Pallmer Barros (CIIR)
25/10/2023 17h06

Fazendo parte do cronograma anual de ações em saúde pública, nesta quarta-feira (25), o Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), em Belém, aderiu à campanha "Outubro Rosa", mês alusivo de combate e prevenção ao câncer de mama. Com a temática “Vem Te Cuidar”, promovida pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) oportunizou o “CIIRtoque” com diversas ações de educação em saúde que envolveram profissionais, usuários e acompanhantes, nas áreas de atendimento da instituição.   

Durante à espera de atendimento de seus filhos, o público feminino contou com uma roda de conversa conduzida pela enfermeira assistencial Cristina Góes, que conduziu a atividade e contou com a participação lúdica de “Nanna Chorona”, personagem de palhaçaria interpretada pela professora de teatro do setor de Arte e Cultura, Paula Barros, que ministraram o conteúdo de forma descontraída. A programação trouxe ainda um expositor de mamas para identificação de sintomas ligados à doença, como nódulo mamário, que serviu também para simular o autoexame. 

Segundo Ivana Pimentel, presidente do GTH, o CIIR investe no bem-estar não somente de quem chegar à instituição em busca de atendimento, mas também da comunidade. “Nosso intuito é levar informações para prevenção dessa comorbidade”.

Entre os participantes do evento, esteve Claudenice Oliveira, de 52 anos, que garante realizar, anualmente, o rastreamento da doença e pontua a ação do CIIR como um “strart” para as pessoas que não realizam o toque ou exame. “Falar no tema Outubro Rosa é alertar possíveis novos casos. É importante trocar informações e dialogar sobre a prevenção deste câncer. Eu realizo o monitoramento da minha mama e incentivo outras mulheres a realizar. Parabéns ao CIIR por oportunizar esse diálogo e abrir conhecimento a mulheres que, por algum motivo, não conhecem a doença e, pelo desconhecimento, podem estar com o câncer. Adorei que foi ensinado o autoexame, um método rápido e de alerta”. 

De acordo com a enfermeira Cristina Góes, o câncer de mama tem crescimento descontrolado de células dos lobos, células produtoras de leite, ou ductos, por onde é drenado o leite, e essas células adquirem características anormais, causadas por uma ou mais mutações no seu material genético.

“Sintomas como nódulo em parte da mama, dor ou inversão do mamilo (bico para dentro) e saída de secreção (não é o leite) pelo mamilo, devem ser investigados”, explica a profissional, acrescentando que o câncer de mama pode ser curado com o diagnóstico precoce da doença. Em fases iniciais, a taxa de cura pode ser superior a 95%.

A enfermeira complementa que a patologia atinge mais as mulheres, porém homens também podem ser acometidos pela doença. Segundo ela, os principais fatores de risco para o câncer de mama é o envelhecimento. “Em mulheres acima de 50 anos, as chances aumentam, além de fatores de hereditariedade, alimentação, tabagismo, bebidas alcoólicas são outros malefícios que podem ocasionar o câncer”, pontua.   

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), no Brasil, foram estimados mais de 70 mil novos casos de câncer de mama até o final de 2023, com um risco estimado de 66,54 casos a cada 100 mil mulheres, por isso, a campanha visa divulgar informações sobre o câncer e fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde (MS) para a prevenção, diagnóstico precoce e rastreamento da doença.

Perfil - O CIIR é referência no Pará na assistência de média e alta complexidade às Pessoas com Deficiência (PcDs) visual, física, auditiva e intelectual. Os usuários podem ter acesso aos serviços do Centro por meio de encaminhamento das Unidades de Saúde, acolhidos pela Central de Regulação de cada município, que por sua vez faz o encaminhamento à Regulação Estadual. O pedido será analisado conforme o perfil do usuário pelo Sistema de Regulação Estadual (SER).

Serviço: O CIIR é um órgão do Governo do Pará administrado pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O Centro funciona na rodovia Arthur Bernardes, n° 1000, em Belém. Mais informações: (91) 4042.2157 / 58 / 59.

pokerstars Mapa do site